• Um caldeirão de pura cultura baiana

    Forró na Bahia

    CachoeiraDoc 2016 abre inscrições para documentários




    Seguem abertas até o dia 15 de maio as inscrições para a Mostra Competitiva do VII CachoeiraDoc – Festival de Documentários de Cachoeira. Os interessados podem se inscrever gratuitamente pelo site www.cachoeiradoc.com.br. A 7ª edição do festival acontece entre 6 e 11 de setembro, no Cine-teatro Cachoeirano e no Centro de Artes Humanidades e Letras da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, na cidade de Cachoeira, a 110 km de Salvador.

    Podem ser inscritos curtas, médias e longas-metragens finalizados a partir de 2015 e em qualquer formato. Os documentários devem ser produzidos no Brasil ou ter uma coprodução brasileira.

    A inscrição é inteiramente online. Os participantes devem enviar um link do documentário, hospedado em sites que compartilhem vídeos em formato digital, e o login e senha, caso necessário.

    O regulamento completo já está disponível no site do festival. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mailcontato@cachoeiradoc.com.br.

    O festival - O CachoeiraDoc busca fomentar a difusão e a produção de documentários, assim como a discussão sobre o gênero, por meio de oficinas, debates, ciclo de conferências e exibição de filmes.

    Nas cinco edições anteriores, cerca de 13 mil pessoas assistiram a mais de 220 documentários, muitos deles inéditos na Bahia e Brasil. Na Mostra Competitiva Nacional, ao todo, foram mais de inscritos mais de 1,1 mil filmes de todas as regiões do país.
    O festival é uma realização da Ritos Produções e do Grupo de Estudos e Práticas do Documentário, do Curso de Cinema e Audiovisual da UFRB, e conta com o apoio financeiro do Fundo de Cultura da Secretaria de Cultura da Bahia desde a sua primeira edição, em 2010.

    Filmes premiados em 2015

    Júri Oficial

    Melhor longa-metragem: “Ressurgentes: um filme de ação direta”, de Dacia Ibiapina, e “Retratos de Identificação”, de Anita Leandro

    Melhor curta-metragem: “No caminho com Mário”, de Aldo Ferreira, Ariel Ortega, Leo Ortega, Patrícia Ferreira e Ralf Ortega

    Menção honrosa: “A Festa e os Cães”, de Leonardo Mouramateus, e “Sem título # 1: Dance of Leitfossil”, de Carlos Adriano.



    Júri Jovem

    Melhor longa-metragem: “Ressurgentes: um filme de ação direta”, de Dacia Ibiapina

    Melhor curta-metragem: “Ana”, de Camila Camila

    Menção honrosa: “No caminho com Mário”, de Aldo Ferreira, Ariel Ortega, Leo Ortega, Patrícia Ferreira e Ralf Ortega

    0 comentários: