• Um caldeirão de pura cultura baiana

    Forró na Bahia

    “O Modernismo Brasileiro e o viés baiano”




    O Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA) apresenta ao público a exposição “O Modernismo Brasileiro e o viés baiano”, com obras que integram seu acervo permanente, reunindo importantes artistas do período modernista da arte brasileira. 

    Artistas visuais consagrados como Cândido Portinari, Alfredo Volpi, Di Cavalcanti, Djanira Motta e Silva, Samson Flexor, Flávio de Carvalho, José Pancetti, Cícero Dias, Aldo Bonadei, Francisco Rebolo, Iberê Camargo, Burle Marx, Jenner Augusto, Mário Cravo Júnior, Genaro de Carvalho e Carybé participam da mostra.

    Destaque para a obra “O Touro” (Boi na Floresta), de 1928, da artista paulista Tarsila do Amaral. A pintura em óleo sobre tela, única em coleção pública do Norte/Nordeste, faz parte do acervo. “Vamos expor obras com viés figurativo dos grandes artistas modernistas, dando visibilidade à coleção do museu, buscando colocar o público para ter contato com parte do acervo, que durante muito tempo esteve guardado”, afirma Zivé Guidice, diretor do Museu de Arte Moderna da Bahia.

    A visitação é gratuita e pode ser feita de terça a domingo, das 13h às 18h, no pavimento térreo do Casarão do MAM-BA. O Museu de Arte Moderna da Bahia é uma instituição do Governo do Estado e está vinculada diretamente ao Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC), autarquia da Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA). 



    SERVIÇO

    Exposição “O Modernismo Brasileiro e o viés baiano”

    Abertura: 10 de março, às 19h

    Visitação: 11 de março a 17 de abril, de terça a domingo, das 13h às 18h

    Casarão do Museu de Arte Moderna da Bahia

    Entrada gratuita

    0 comentários: