• Um caldeirão de pura cultura baiana

    Forró na Bahia

    Literatura de Jorge Amado ganha as telonas dos Centros de Cultura da SecultBA




    No mês Julho a literatura é o tema da mostra “Terças na Tela”, do Circuito Popular de Cinema e Vídeo (CPCV) promovido em parceria pela Diretoria de Espaços Culturais da Secretaria de Cultura do estado e pela Diretoria do Audiovisual (Dimas) da Fundação Cultural nos 17 Centros de Cultura que a SecultBA mantém, 5 na capital e 12 no interior. A mostra acontece no dia 29 de julho, com adaptações de duas obras de Jorge Amado: Quincas Berro D'Água (2010), de Sérgio Machado, e Capitães da Areia (2011), dirigido por Cecília Amado, neta do escritor. 

    O Circuito é uma iniciativa que visa dinamizar e ampliar o uso dos Centros de Cultura. Todos os meses, o CPCV traz filmes atuais e clássicos do cinema, em diversos estilos, sempre pensados dentro de uma temática ou uma homenagem. Ao longo de todo o ano, uma programação intensa ocupa os espaços, toda semana, dentro da mostra “Terças na Tela”. Como o nome diz, às terças-feiras, as exibições acontecem em três horários diferentes, às 10h, 15h e 19 horas, a fim de possibilitar que públicos distintos sejam contemplados.


    Confira abaixo a sinopse dos filmes:

    Quincas Berro D'Água é ambientado no centro histórico de Salvador e retrata a história de Quincas (Paulo José) um funcionário público cansado da vida que leva. Um dia ele resolve deixar sua família de lado e cair na farra, ganhando fama com a alcunha de Quincas Berro D'Água, o rei dos vagabundos. Quando ele é encontrado morto em seu quarto, sua família resolve apagar os vestígios de sua fase arruaceira e dar-lhe um enterro respeitável. Mas seus amigos comparecem ao local e decidem levá-lo para uma última farra.

    Capitães da Areia conta a história de Pedro Bala (Jean Luís Amorim), Professor (Robério Lima), Gato (Paulo Abade), Sem Pernas (Israel Gouvêa) e Boa Vida (Jordan Mateus), adolescentes abandonados por suas famílias, que crescem nas ruas de Salvador e vivem em uma comunidade no “Trapiche”, entre outros jovens e crianças. Eles percorrem a cidade a praticar assaltos, o que faz com que sejam constantemente perseguidos pela polícia. Um dia, Professor conhece Dora (Ana Graciela) e seu irmão Zé Fuinha (Felipe Duarte), que também vivem nas ruas. Ele os leva até o Trapiche, o que desencadeia a excitação dos demais garotos, que não estão acostumados à presença de mulher no local. Pedro consegue acalmar a situação e permite que Dora e o irmão fiquem por algum tempo. Só que, aos poucos, nasce o afeto entre o líder dos Capitães da Areia e a jovem que acabou de integrar o bando. 


    Serviço

    Circuito Popular de Cinema e Vídeo
    Mostra Terças na Tela – Literatura
    Dia 29 de Julho
    Sessões às 10h, 15h e 19h
    Entrada Gratuita


    0 comentários: