• Um caldeirão de pura cultura baiana

    Forró na Bahia

    Projeto Ourua realiza espetáculos em Cachoeira, Maragojipe e São Félix



    O projeto OURUA promove de fevereiro a abril diversos espetáculos nas cidades de Cachoeira, Maragojipe e São Félix. As apresentações são parte do projeto OURUA que desde junho de 2013 desenvolve ações de formação de educadores, oficinas de arte e programação artística periódica nas três cidades. Os espetáculos acontecem sempre aos domingos, às 16 horas em locais públicos e abertos a toda comunidade. 

    Em São Félix o espetáculo Canastra Real: Rememorando afetos: contos, cantos e acalantos... se apresenta dia 23 de março, às 16 horas, no Porto de São Félix. No dia 30 de março o Canastra Real apresenta o espetáculo Cantigas e Histórias tecendo lugares de aprendizagem, às 16 horas, na Praça do Faqui, em Cachoeira.

    Em abril o espetáculo Trançados de Memórias estará no dia 06, no porto de São Félix, dia 13 na Praça da Câmara, em Maragojipe e dia 23 de abril na Praça do Faqui, em Cachoeira.

    O projeto segue até maio desenvolvendo as oficinas na cidade de Maragojipe, apresentações culturais nas três cidades e a culminância com o Seminário OURURA e o lançamento de cartilhas educativas para trabalhar com o tripé da Cultura, Arte, Educação.


    Sobre a Casa de Barro

    A Casa de Barro é uma organização cultural criada em 25 de julho de 2005 a fim de contribuir com o desenvolvimento humano e cultural nas cidades do Recôncavo da Bahia. As ações são transversais, multidisciplinares e privilegiam os campos da cultura, da arte e da educação. Nossos esforços são empreendidos para preservar, promover e celebrar a diversidade cultural e nossos bens patrimoniais de natureza imaterial, incentivar a escrita e as leituras (de livros e do mundo). No mundo dos livros trabalha também com a edição, circulação, difusão e o intercâmbio lítero-cultural com países da África lusófona, América Latina e Caribe. Buscamos favorecer o fortalecimento da auto-estima e a construção/afirmação da cidadania, com ações concentradas para o público infanto-juvenil, educadores (educação formal e não formal), comunidade e formadores de opinião em geral.



    Fonte: Casa de Barro Comunicação

    0 comentários: