• Um caldeirão de pura cultura baiana

    Forró na Bahia

    Falsos Modernos lança primeiro disco no Pelourinho




    Rock n’ roll brasileiro, uma espécie de Jovem Guarda repaginada, com arranjos despretensiosos e letras arrojadas – esta é a proposta do primeiro disco da banda baiana Falsos Modernos, intitulado “Perfil de Cena”. No dia 29 de agosto (quinta-feira), a banda faz show de lançamento do disco no Largo Tereza Batista (Pelourinho), às 21h, com entrada gratuita. 

    Após um ano dividindo-se entre shows na capital baiana e as gravações, os Falsos Modernos finalmente lançam o álbum “Perfil de Cena” em um dos melhores palcos do Centro Histórico, no Largo Tereza Batista. O show apresentará ao público as onze faixas do disco, e contará com a participação dos músicos que colaboraram com o processo de gravação – a cantora Candice Fiais, o gaitista Luiz Rocha, e os músicos Cebola Pessoa (da Callangazoo), Irmão Carlos (do Irmão Carlos e o Catado) e Leonardo Leal (d’Os Jonsóns). 

    Formada em 2012, a Falsos Modernos surgiu em Salvador com vontade de resgatar o bom e velho rock n’ roll, aquele dos Beatles, mas inspirado também pelos musos Roberto e Erasmo Carlos. A pegada rocker jovem guarda se mistura a influências dos Smiths, Strokes e Jon Spencer Blues Explosion, e resulta em um trabalho autoral que levanta uma única bandeira – a da diversão. A banda é formada por Boni (vocal e guitarra), Bruno Carvalho (guitarra e vocais), Leo Abreu (bateria) e Dudare (baixo). 

    No dia 16 de agosto último, a banda liberou para audição online o disco, através das plataformas de distribuição digital de música como Deezer e Rdio. A ideia vai ao encontro das novas iniciativas de difusão da música independente, que busca romper com os mecanismos de download gratuito, além de incentivar a apreciação da nova safra de bandas e artistas também como produto. 

    O show lançamento é uma realização da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, através do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), e conta com o apoio do Circuito Motiva, que promove uma sessão de autógrafos após o show e coloca à venda no seu stand o disco físico. 

    SOBRE O DISCO 

    “Perfil de Cena” marca a entrada dos Falsos Modernos na indústria fonográfica. Assumindo uma natureza despretensiosa, que vai desde os arranjos às letras que falam de amor e de questões existenciais, a banda imprime em suas canções uma pegada dançante, mas sem deixar de lado a essência rocker dos seus músicos. 

    Gravado ao vivo no estúdio Caverna do Som, o disco reflete não só a proposta musical da banda, mas a integração entre os músicos. Segundo Bruno Carvalho, guitarrista e co-autor das canções, “gravar ao vivo foi uma opção estética, queríamos trazer pro disco a energia de quando tocamos ao vivo, e acho que deu certo. Funcionamos bem como banda”. 

    Todas as letras do disco são assinadas por Boni, o vocalista, e em geral versam sobre relações amorosas e questões existenciais. O nome “Perfil de Cena” vem da música “Balada sem lei”, que, segundo Boni, “expressa a satisfação de fazer o que fazemos, sem pretensão de revolucionar a história da música. Esta canção fala da simplicidade de fazer o que se acredita e saborear o processo do crescimento”. 

    O projeto gráfico do disco ficou por conta do ilustrador Bruno Aziz, que conseguiu traduzir o universo roqueiro e descontraído da banda. 


    SERVIÇO 

    Falsos Modernos - Show de lançamento do disco “Perfil de Cena” 
    Dia 29 de agosto de 2013 (quinta-feira), às 21h 
    Largo Tereza Batista (Pelourinho) 
    Entrada franca 
    Realização: Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, através do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) 
    Apoio: Circuito Motiva


    Fonte: Gisele Santana - Assessoria de Imprensa 


    0 comentários: