• Um caldeirão de pura cultura baiana

    Forró na Bahia

    MAM-BA recebe a V Mostra Internacional de Portfólios





    Na próxima quarta-feira, 24, o Instituto Sacatar e o Atelier Coletivo VISIO. realizam a V Mostra Internacional de Portfolios, em parceria com o Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA). O evento é gratuito e contará com a presença dos artistas selecionados, a partir das 14h, no Cinema do MAM. 

    Nesta quinta edição, o Instituto Sacatar e o VISIO. trazem o dançarino e coreógrafo Anani Sanouvi (Togo), a fotógrafa Mimi Ng’ok (Quênia), a curadora Bisi Silva (Nigéria) e os artistas visuais April Banks (EUA), Mark Greenfield (EUA) e William Wilson (França) para apresentar seus trabalhos anteriores e os projetos que pretendem realizar durante a residência artística em Itaparica neste segundo semestre. 

    Mediado pela artista visual Eneida Sanches, a mostra propõe um formato dinâmico, onde as falas e experiências dos convidados se alternam com questionamentos do público e projeções de seus portfolios. Dentro da programação, acontece a exibição do filme inédito "Street Dance Orixás" da coreógrafa norte-americana e ex-residente do Sacatar Amy Campion. A produção aconteceu durante sua estadia na Bahia entre outubro e dezembro de 2012, onde artistas baianos também puderam fazer parte do projeto. 

    Andrea May, que integra o projeto VISIO., afirma que a importância do evento está em “intercambiar esses artistas que estão vindo do exterior com culturas distintas – que é a maioria deles – possibilitando conexões com os artistas locais, com a classe e com a imprensa. 

    Criado em 2010, o Atelier Coletivo VISIO é um coletivo de artistas residentes de Salvador que tem como foco principal as artes visuais e suas expressões, desenvolvendo projetos colaborativos, como instalações, oficinas, instalações, performances e exposições. 


    Saiba mais sobre os artistas: 

    Anani Sanouvi (Togo) - dançarino e coreógrafo. O artista desenvolveu um método de ensino e criação contemporânea chamado “AgamaFo” e está em processo de implementação de um programa e laboratório de artes no Togo intitulado “The Tools of Wisdom”. Colaborador do Centro Cultural Kôré, no Mali, Sanouvi promove a consciência artística e social dentro e fora do estúdio de dança. 

    April Banks (EUA) - artista visual conceitual norte-americana e criadora de instalações a partir de imagens/fotografias. Seu trabalho no Sacatar irá explorar uma narrativa de ficção sobre a Diáspora Africana através de imagens construídas e manipuladas. 

    Bisi Silva - foto -  (Nigéria) - curadora nigeriana com ascendência brasileira. Seu trabalho tem como foco principal a arte contemporânea da África e a sua Diáspora. As áreas que chamam mais a sua atenção são a fotografia, o vídeo e a arte sonora. 

    Mark Greenfield (EUA) - artista visual. Greenfield trabalha com a identidade afro-americana, especificamente tentando entender como os estereótipos foram desenvolvidos e como eles afetaram a maneira que os negros são vistos pelos outros. 

    Mimi Ng’ok (Quênia) - Fotógrafa com formação em Belas Artes pela University of Cape Town, África do Sul. A artista já participou de exposições em Joanesburgo e Cidade do Cabo (África do Sul) Nairobi (Quênia), Atri (Itália), Tarifa (Espanha) e Berlim (Alemanha). 

    William Wilson (França) – Artista visual francês. Desde 2005 decidiu concentrar seu trabalho na cultura transcontinental do ‘Atlântico Negro’, que surgiu com a colonização das Américas. Este trabalho rendeu duas séries: “O Oceano Negro”, que foi realizada no Benin, e “Vodoons”, que trata da relação entre Europa e África. 


    V Mostra Internacional de Portfolios 
    Quando: quarta-feira, 24/07 
    Horário: 14h
    Onde: Cinema do MAM 
    Gratuito


    Fonte: Núcleo de Comunicação MAM-BA


    0 comentários: