• Um caldeirão de pura cultura baiana

    Forró na Bahia

    Instalação videográfica da cia. carioca Staccato é destaque na Caixa Cultural Salvador com imagens e performances de dança





    Um “lugar de estar” feito de dança. Assim é Grafismos, instalação videográfica que reunirá traços da dança contemporânea, do balé clássico e da dança de rua, em imagens e performances, na Caixa Cultural Salvador. O projeto da premiada companhia carioca Staccato, sob a batuta do coreografo Paulo Caldas, tem como proposta estabelecer um espaço em que o espectador permaneça e transite por uma série de conteúdos audiovisuais e coreográficos, inseridos em instalações que projetam corpos em movimento e videografismos. Em cartaz de 05 a 09 de junho e com visitação gratuita, Grafismos – selecionado como um dos melhores espetáculos de dança de 2010 pelo caderno de cultura do jornal O Globo - contará ainda com performances executadas ao vivo, sempre às 16h ou 20h, no espaço cultural da Caixa. 

    Ao aproximar e compor corpo e imagem fora de seu espaço mais convencional – o palco – a obra propõe uma dança que expande suas interfaces com outras artes. “Trata-se de um espaço distinto em que a dança passa a se confundir com as artes visuais e o cinema. O corpo e o movimento se encontram na cena e na tela para construir outro tipo de poética”, conta o criador, que selecionou fragmentos coreográficos extraídos, sobretudo, do espetáculo Quinteto, reconcebidos e recriados especialmente para o vídeo num exercício sobre a ideia de restrição espacial e de composição. 

    Em cada uma das quatro variações, os bailarinos - Natasha Mesquita, Paula Maracajá, Renata Versiani, Toni Rodrigues e Fernanda Cavalcanti, da Staccato, além dos convidados Juliana Gama e Danilo D’Alma, do Hip Hop - aportam outros modos de mover, resultando no encontro entre as diferenças e marcas que cada um deles carrega em seus corpos e dos problemas coreográficos a eles colocados. Grafismos desafia, portanto, o saber corporal constituído (de balé clássico, dança de rua ou qualquer outro), que se vê desviado, perturbado, ao ser levado para outro espaço poético e político. 


    Vídeo de divulgação: 




    Sobre a companhia Staccato 

    O percurso artístico da Staccato iniciou-se no Rio de Janeiro em 1993, com um trabalho cotidiano e ininterrupto. Através de uma consistente pesquisa de linguagem, a companhia estabeleceu um universo de movimento próprio e em contínua exploração, tanto em sua dimensão expressiva quanto técnica. Ao longo dos anos, sua produção foi apresentada na Alemanha, Estados Unidos, França, Itália, Japão e em diversos estados no Brasil, merecendo diversos prêmios e distinções nacionais e internacionais. Inciada como um duo, a companhia Staccato evoluiu para um núcleo estável de pesquisa e criação composto por seis bailarinos, além de um compositor, um produtor e um diretor/coreógrafo. Seu repertório, singularizado por uma bem sucedida aproximação com a linguagem cinematográfica, inclui obras que vêm marcando a dança carioca desde os anos de 1990. A companhia Staccato / Paulo Caldas conta com patrocínio da Petrobrás. 


    SERVIÇO
    Instalação videográfica “Grafismos” 
    Datas: de 05 a 09 de junho de 2013 (de quarta-feira a domingo), das 9h às 18h 
    Local: CAIXA Cultural Salvador (Rua Carlos Gomes, 57, Centro) 
    Horário das Performances: Quarta - 20h | Quinta - 20h | Sexta - 20h | Sábado - 16h e 20h | Domingo - 16h 
    Informações, agendamento de visitas monitoradas e oficinas: (71) 3421-4200 
    Classificação indicativa: Livre para todos os públicos. 
    Entrada franca.



    Fonte: Assessoria de Imprensa - Grafismos 


    0 comentários: