• Um caldeirão de pura cultura baiana

    Forró na Bahia

    IPAC lança livro sobre requalificação de largos do Pelô durante o ArquiMemória 4





    Um trabalho de meses selecionando as melhores ideias de todo o país para requalificação de três largos do Pelourinho foi transformado em livro e será lançado amanhã (dia 14), das 18h às 19h, no ArquiMemória 4 – Encontro Internacional sobre Preservação do Patrimônio Edificado, que acontece até o dia 17 no Centro de Convenções da Bahia. 

    O Concurso Nacional de Ideias – Requalificação de Largos no Pelourinho: Tereza Baptista, Pedro Archanjo e Quincas Berro D´Água foi promovido pelo Governo do Estado da Bahia no ano passado (2012), por meio do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC) da secretaria estadual de Cultura (Secult-BA), em parceria com o departamento baiano do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB-BA). 

    Segundo a coordenadora institucional do concurso do IPAC, Yveline Hardman, o livro tem 120 páginas - metade delas só de imagens antigas e atuais do Pelô e layouts dos cinco projetos selecionados entre os 35 entregues. O restante é dedicado aos memoriais e ata de julgamento das propostas, textos do secretário de Cultura do Estado, Albino Rubim, do diretor geral do IPAC, Frederico Mendonça, e do presidente do IAB-BA, Nivaldo Andrade, além da lista com o nome de todos os arquitetos participantes. 

    Finalização - O vencedor, o arquiteto Arthur Casas, de São Paulo, está terminando o projeto executivo dos largos, atendendo as orientações do Escritório Técnico de Licenciamento e Fiscalização (Etelf) - instância criada a partir de convênio entre o Instituto do Patrimônio Artístico e Histórico Nacional (Iphan), IPAC e Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo do Município (Sucom) da Prefeitura de Salvador. 

    Pelo projeto, que deverá ser executado até 2014, o Largo Pedro Arcanjo retomará sua vocação de belvedere entre o Pelourinho e os bairros vizinhos do Centro Antigo da cidade, com direito a deck utilizado como anfiteatro, camarim, mirante, biblioteca infantil e espaço para cinema a céu aberto. O Largo Tereza Batista continuará sediando eventos culturais da cidade (como feiras de artesanato e culinária) com instalações completas e infraestrutura para shows, incluindo um palco suspenso e um discreto toldo branco dialogando com as fachadas. O Quincas Berro D’Água será destinado ao lazer e entretenimento. 

    A seleção das propostas foi feita por um júri internacional externo ao IPAC que, segundo informações do IAB-BA, tomou como princípios básicos de avaliação a acessibilidade, qualidade técnica, plasticidade e durabilidade dos materiais. Fora isso, foi observada a expressão da relação simbólica e cultural que os projetos devem ter com o Pelourinho, apontado pela UNESCO como Patrimônio Cultural da Humanidade, dada a sua importância histórica e arquitetônica. 

    Outro lançamento – Durante o lançamento do livro “Concurso Nacional de Ideias – Requalificação de Largos no Pelourinho: Tereza Baptista, Pedro Archanjo e Quincas Berro D´Água” (amanhã, das 18h às 19h no ArquiMemória 4, no Centro de Convenções da Bahia), também será lançado o livro “Proteção do Patrimônio Cultural Brasileiro por meio de Tombamento: estudo crítico e comparado das legislações estaduais organizadas por regiões”. 

    A publicação é fruto de um trabalho coleitvo, de coautoria e organizado pelo professor Humberto Cunha, do Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade de Fortaleza (UNIFOR) e do Grupo de Estudos e Pesquisas em Direitos Culturais (GEPDC). Ele também é professor do curso de pós-graduação em Direito Constitucional da ESMEC (Escola Superior da Magistratura do Estado do Ceará) e advogado da União. 


    Serviço

    O quê: Lançamento do livro “Concurso Nacional de Ideias – Requalificação de Largos no Pelourinho: Tereza Batista, Pedro Archanjo e Quincas Berro D´Água”. 
    Quando: Amanhã (dia 14), das 18h às 19h. 
    Onde: No Centro de Convenções da Bahia, durante o ArquiMemória 4 – Encontro Internacional sobre Preservação do Patrimônio Edificado.



    Fonte: Assessoria de Comunicação IPAC 


    0 comentários: