• Um caldeirão de pura cultura baiana

    Forró na Bahia

    Autor do livro “Vaporzinho” realiza oficina de desenho para crianças




    O designer e editor da Solisluna Editora, Enéas Guerra realiza no dia 22 de julho, às 16h, na Livraria Cultura, uma oficina de desenhos para o público infantil. O tema da atividade, que inclui contação da história, será o livro “Vaporzinho”, publicação para crianças, na qual ele dá vida a um pequeno navio que atravessa uma baía e navega por um rio, carregando produtos e levando pessoas. 

    Ricamente ilustrado, o livro mescla aquarela e crayon em pintura digital, enquanto o texto em versejo remete às trovas ou quadrinhas, com suas rimas. O enredo é inspirado na história do navio a vapor que ligou a capital baiana ao município de Cachoeira, no Recôncavo, nos séculos 19 e 20. “Mas é uma história universal, que pode estar acontecendo na Ásia, no Mediterrâneo, na África, no Rio São Francisco e na Amazônia", pontua Enéas Guerra. 

    Além de lúdico e universal, o livro traz recursos didáticos que podem complementar o interesse das crianças pelo tema. No verso da contracapa, há um mapa do trajeto do Vapor de Cachoeira e dados sobre a história da embarcação. O objetivo é reforçar o interesse pelo transporte fluvial e marítimo. 

    "Vaporzinho" também homenageia três personagens da vida real de Cachoeira: dona Dalva Damiana, integrante da Irmandade da Boa Morte e criadora do grupo de samba-de-roda mais famoso da Bahia; o maestro, compositor e clarinetista Tranquilino Bastos (1850-1935), fundador da Sociedade Orpheica Lyra Ceciliana; e Seu Agostinho, um morador da cidade. 


    Enéas Guerra 

    Formado pela Escola Superior de Propaganda e Marketing em 1972, Enéas tem se dedicado ao design, à ilustração e às artes gráficas. Vivendo na Bahia desde 1973, ele foi responsável pela edição de arte de vários livros do etnólogo e fotógrafo Pierre Verger, com quem iniciou seu trabalho para o público infantojuvenil, assumindo a coautoria, como ilustrador, dos livros “Oxossi, o caçador” e “Lendas dos orixás”, publicados em 1981. 

    A ideia do livro “Vaporzinho” surgiu há 25 anos, quando elaborou o texto e as ilustrações em aquarela. Em 2009, antes da publicação, ele fez uma releitura do texto e refez as ilustrações em pintura digital. Atualmente, o designer e editor está trabalhando em cinco diferentes livros. Com o sugestivo nome “Que bichos doidos!”, seu próximo lançamento tem como público crianças de até seis anos. 


    Catálogo infantojuvenil 

    “Vaporzinho” faz parte do diversificado catálogo infantojuvenil da Solisluna Editora, cuja principal característica é aliar textos leves a ilustrações belas e bem cuidadas. Temas ligados à natureza, cultura afro-brasileira, seres fantásticos e psicologia infantil estão presentes entre os 12 títulos direcionados principalmente para crianças e adolescentes.



    SERVIÇO 

    O que: Sessão de autógrafos do livro “Vaporzinho” com contação da história e oficina de desenhos. 
    Autor e ilustrador: Enéas Guerra 
    Solisluna Editora 
    Quando: 22 de julho, às 16h 
    Onde: Livraria Cultura – Salvador Shopping 
    Preço do livro: R$ 30,00


    Fonte: Jane Fernandes - Quarta Via

    0 comentários: