• Um caldeirão de pura cultura baiana

    Forró na Bahia

    MAM-BA inscreve em Oficina de Objetos com Madelon Vriesendorp



    O Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA) recebe a artista holandesa Madelon Vriesendorp na Oficina de Objetos, que acontece de 12 a 16 de março, das 14h às 18h, no Galpão das Oficinas. A artista, pela primeira vez na Bahia, pretende criar paralelos e pontos de convergência com as obras da arquiteta ítalo-brasileira e primeira diretora do MAM-BA, Lina Bo Bardi, através da confecção de objetos com materiais descartáveis e recicláveis e da produção de elementos da cultura popular. São ofertadas 20 vagas para o curso. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas de forma presencial no Núcleo de Arte e Educação do museu. Mais informações pelo telefone (71) 3117-6143.

    A oficina inédita fará parte das ações da mostra Together, a ser realizada em Londres, no segundo semestre deste ano, sobre o trabalho de Lina Bo Bardi. De acordo com a arquiteta e idealizadora da mostra, Noemi Blager, a presença de Madelon Vriesendorp para a discussão de cinco eixos (Animais e insetos, Body Parts, Janelas, Escadas e Edifícios/casas ou torres) de Lina está em perfeita harmonia com a proposta deste curso, pelo fato de ambas possuírem a mesma linha ideológica de trabalho. “Lina e Madelon dividem um grande interesse por como os objetos ordinários são produzidos, como móveis, ferramentas, brinquedos etc. Para elas, a natureza destes objetos é como um organismo que brota com um propósito específico, encarando a estética como uma forma de expressão”, esclarece Blager.

    O projeto de Lina Bo Bardi para o MAM-BA tinha a intenção de formar um público infantil e infanto-juvenil. Stella Carrozzo, atual diretora do MAM-BA, comentou a importância da vinda da artista holandesa, ressaltando o câmbio de experiências entre os convidados e a comunidade local. “É sempre muito construtivo para o museu receber um artista, seja de fora de Salvador ou do Brasil. São novas maneiras de ver o mundo, novas abordagens e novas soluções artísticas. A partir do momento que desenvolvem um trabalho aqui os artistas garantem um contato direto com o público, proporcionando uma troca de experiências muito intensa com a comunidade local. Portanto esta vivência se torna muito rica para todos”, resumiu.

    Sobre a artista

    Nascida na Holanda em 1945, Madelon Vriesendorp é co-fundadora do Office of Metropolitan Architecture (OMA), juntamente ao seu marido, o arquiteto Rem Koolhaas. Vriesendorp produziu ilustrações para as revistas Built, Domus e Abitare, enquanto trabalhava com roupas, objetos construídos e suas pinturas. Em 1964, estudou em Amsterdam na Academia Rietveld e mais tarde trabalhou na restauração de afrescos antigos e como designer de figurinos, livros e joias. Em 2009, Vriesendorp recebeu uma bolsa honorária do Instituto Real de Arquitetos Britânicos (RIBA).






    Fonte: Thais Seixas - Núcleo de Comunicação MAM

    0 comentários: