• Um caldeirão de pura cultura baiana

    Forró na Bahia

    Magary convida Jota Veloso no projeto MUCOMBA, na orla de Pituaçu


    Foto: Débora Monteiro




    A banda Solta o Som abre a noite com sua mistura de axé e música eletrônica


    Neste domingo, dia 11 de setembro, Magary dá continuidade ao projeto MUCOMBA – Música Complementar da Bahia –, uma série de shows comandados pelo seu Black Semba, e nesta segunda edição o convidado especial do músico é o cantor Jota Veloso.

    Jota Veloso é considerado pela imprensa um “Cavaleiro Cantante” e investe cada vez mais na sua carreira de intérprete. Com um show maduro, vem arrebatando fãs em todo o mundo. Também é um grande compositor, e suas canções estão na voz de artistas como Maria Bethânia, Gal Costa, Daniela Mercury, Joana, Zezé Mota, Vânia Abreu, Belô Velloso, entre outros.

    Até fevereiro de 2012, Magary será anfitrião de bandas e músicos de Salvador, que abrirão o evento cada semana. A ideia é reunir as novas sonoridades da música baiana, não só abrindo espaço para que mostrem seu trabalho, mas buscando a formação de novos públicos fora do “centro” do Rio Vermelho. Neste domingo, a banda convidada para abrir a noite é a Solta o Som, que faz uma interessante mistura de elementos da axé music e do eletrônico.

    O MUCOMBA é idealizado pela produtora Amanda Couto, e uma realização A Nave Arte e Cultura com o apoio da Mandingas Comunicação e Boca do Rio Cultural.



    SERVIÇO

    O QUE: MUCOMBA - Música Complementar da Bahia
    QUEM: Magary Lord convida Jota Veloso (abertura: Solta o Som)
    QUANDO: todos os domingos (setembro: 11, 18 e 25/09), a partir das 17h
    ONDE: Espaço A Onda Antigo Mamagaia, Av. Otávio Magabeira, canteiro do meio, Pituaçú. 500 metros após o Circo Picolino no sentido Itapuã- Pituba)
    QUANTO: R$20 (somente em espécie)
    Informações: (71) 9148-4281 / 8871-4281
    Uma realização A Nave Arte e Cultura
    Apoio: Mandingas Comunicação e Boca do Rio Cultural



    Fonte: Ana Camila - Assessoria de Imprensa Magary Black Semba

    0 comentários: