• Um caldeirão de pura cultura baiana

    Forró na Bahia

    Samba de roda da Barlavento




    O próximo dia 26 de março será marcado pelo batuque afro-brasileiro do samba de roda. O som primitivo que ecoa do Recôncavo Baiano é presença confirmada no repertório da Banda Barlavento, fundada por Davizinho de Mutá e Hamilton Reis, na apresentação intitulada “Mariscada”, em homenagem à música de Tom Barreto, também convidado especial do grupo, que promete balançar o Largo Quincas Berro d’Água, a partir das 21h, no Pelourinho. Outro convidado especial será o homem-banda, Bernard Snyder, que também é produtor internacional do grupo.

    “Toda música que vem da raiz é forte. O publico interage com o som legítimo. Priorizamos e respeitamos os blocos de samba do Recôncavo”, afirma Hamilton. A banda, que marca presença na agenda do Pelourinho Culturalprograma do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC), vinculado à Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult-Ba) – demonstra otimismo para a apresentação. Eles, que há aproximadamente um ano não tocam no Pelourinho, voltam cheios de energia e estão em rotina de ensaios. “O Pelourinho Cultural é a vitrine do país para o mundo. As praças têm uma energia forte, ficam sempre cheias e é prazeroso tocar nelas. Artifícios como a iluminação e o som do projeto também favorecem o artista”, revela.

    No repertório, canções como Eu sou da Bahia, Flor de Dendê e Sou de Amaralina, de composição de Hamilton, homenagearão a Bahia e cantarão a beleza de suas igrejas, ladeiras e mulheres.

    Banda Barlavento no Pelourinho
    Data: 26 de março (sábado)
    Local: Largo Quincas Berro d’Água
    Horário: 21h
    Entrada Gratuita

    Fonte: Texto & Cia

    0 comentários: