• Um caldeirão de pura cultura baiana

    Forró na Bahia

    Exposição com instrumentos de percussão e biografia de grandes músicos está aberta à visitação




    Está aberta à visitação a exposição "Percussionistas, Percursos e Percusssões", que traz instrumentos musicais dos percussionistas baianos integrantes do show de abertura do Carnaval do Pelô. Hoje à noite (03) aconteceu o animado coquetel de lançamento da exposição, que estará aberta durante toda o Carnaval do Pelô, das 13h às 17h, no Largo do Pelourinho, nº 12, sede do programa Pelourinho Cultural.

    O Coordenador de Políticas Afirmativas da Universidade do Recôncavo da Bahia (UFRB), Claudio Orlando, destaca que a exposição se constitui em mais uma vivência e experiência da polifonia que é o Carnaval da Bahia. "A exposição traz a pauta artística e musical, e vai além, na medida em que traz a condição do percussionista como um sujeito cultural, falando de sua formação, sua história, sua experiência, levando essa história para muitas pessoas", declara Orlando.

    A exposição e o catálogo que dela resultou, com os relatos dos percussionistas, trazem dimensões da cultura e da história africana e afro brasileira. O catálogo, pode ser assim, um dispositivo para a construção de cultura por parte do público, seguindo o novo direcionamento de políticas públicas, através da Secretaria de Cultura (SeCult-Ba), do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC) e do Programa Pelourinho Cultural.

    De acordo com o Secretário de Cultura do Estado da Bahia, Albino Rubim, "O Carnaval é um grande desafio, mas é muito bonito e nada mais justo do que homenagear a percussão". A animação era tanta que os percussionistas começaram a batucar nas obras expostas e fizeram música em meio à conversa com a imprensa e convidados.


    Fonte: Texto & Cia


    0 comentários: