• Um caldeirão de pura cultura baiana

    Forró na Bahia

    Carnaval à moda antiga invade programação do Pelourinho Cultural com o projeto SuperBacana Elétrico




    Para os que guardam boas lembranças dos carnavais de antigamente, quando a Praça Castro Alves era o principal reduto dos foliões baianos, o Pelourinho Cultural – programa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult-Ba) e do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC) – traz uma programação especial para alimentar os corações saudosos. Trata-se do projeto SuperBacana Elétrico, que sobe ao palco da Praça Pedro Archanjo, no Pelourinho, dia 14 de janeiro (sexta-feira), trazendo um repertório que inclui as composições “Chão da Praça” e “Pombo Correio”, de Moraes Moreira; “Atrás do Trio Elétrico”, de Caetano Veloso; “Filhos de Gandhy” e “Patuscada de Gandhy”, de Gilberto Gil, além dos afoxés dos blocos afros.


    Idealizado pelos cantores Mabel Dannemann, João Figuer e Dirceu Factum, também responsável pelo roteiro, o clima de Carnaval da década de 70 estará totalmente sintonizado com o alto verão baiano e servirá como um aquecimento para a maior festa popular do mundo. “Pesquisei em arquivos pessoais, internet e através de foliões da época as canções mais emblemáticas dos carnavais e verões dos anos 70. O resultado chega a ser emocionante. Quem for curtir esta noite, que é ao mesmo tempo temática e livre, sairá do Pelourinho com a alma lavada”, promete Dirceu. Sem perder o tom de revival, o roteiro do show também possui músicas recentes, com medleys de quatro canções da cantora Daniela Mercury. "Considero que elas têm tudo a ver com o espírito libertário e elétrico dos carnavais setentistas", pontua Dirceu. Além da trilha sonora, o figurino criativo em referência à década cantada é um show à parte. Peças da época dialogam com tendências contemporâneas e criam uma atmosfera simultaneamente fashion e retrô.


    Em acompanhamento ao trio vocal, a banda também contribui para que a sonoridade do projeto seja nova. O conjunto, formado por Codó Lima (guitarra), Jota Anderson (baixo), Dito Gomes (bateria), Cézar Reis (percussão) e Jackson Dantas (guitarra baiana e bandolim), garante uma nova cor para as pérolas do repertório que, com certeza, vai encantar e eletrizar os foliões da Praça Pedro Archanjo.


    SERVIÇO


    Show SuperBacana Elétrico - Carnaval da década de 70

    Onde: Praça Pedro Archanjo, Pelourinho.

    Quando: 14 de janeiro, sexta, 21 horas

    Entrada franca


    Fonte: Texto & Cia


    0 comentários: