• Um caldeirão de pura cultura baiana

    Forró na Bahia

    Uma mistura que deu certo


    Foto: Léo Monteiro


    O que é Salvador, se não uma cidade de diversidade sonora e músicos de qualidade.


    O palco da Estação Ed10 ferveu ao som do axé-retrô e irreverente da banda Suinga, do groove de Ênio e a Maloca e da mistura indefinível da Pirigulino Babilake.


    A casa tradicionalmente abriga eventos de samba e pagode, porém resolveu apostar no cenário independente que toma corpo em Salvador, com um espaço sensacional, um palco que acolhe e abraça os músicos deixando-os a vontade e a pista que abriga todas as tribos.


    A divulgação do show teve o diferencial no uso das midias sociais, quase que diariamente eram publicados vídeos no youtube convidando todos para um divertido encontro.


    A noite se inicia com muito axé regado a picolé de cajá. A Banda Suinga mexeu com a baianidade dos roqueiros, regueiros e afins, com muita irreverência, dancinhas que lembravam a época áurea de Luis Caldas, mesclaram músicas autorais e sucessos do axé.


    Na sequência sobe ao palco Ênio com todo groove do pop rock e simpatia de um baiano paulista, acompanhado por uma turma de peso eles fizeram "o som". Convidando Duda (vocalista do Diamba ) para subir ao palco e dar "uma canja", ou melhor, um banquete completo, a banda mostrou seu repertório autoral e balançou geral a pista da Estação Ed10.


    E para encerrar a madrugada e deixar o gostinho de "repeteco" e a vontade de ter-los todos juntos no maior evento da cidade, o Carnaval de Salvador, a Pirigulino Babilake assume a turma e mostra que multiculturalidade pode ser misturada em uma noite ou nos 7 dias de Carnaval e do ritmo a poesia, a música e a união das tribos com o prestigio de convidados ilustres da cena independente, como o pessoal da Quarteto de Cinco, integrantes da banda O Mundo, Acord, Diamba entre outros, fez-se mais um Sábado de Dezembro e uma manhã de Domingo.


    E se tem diversão o Dendê Cultural está lá e se você perdeu confira aqui.

    0 comentários: