• Um caldeirão de pura cultura baiana

    Forró na Bahia

    Pelourinho Cultural



    Foto: Divulgação

    Quem cansou de fazer sempre os mesmos programas definitivamente afastou a monotonia de sua semana na noite de sábado, 28, no Largo Tereza Batista, com o show da banda pernambucana Mombojó, do grupo baiano Maglore e com a discotecagem eletrizante do DJ El Cabong. As atrações fizeram parte da agenda do Pelourinho Cultural, programa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia.

    Após dois anos sem se apresentar em Salvador, a Mombojó levou ao Largo um público formado, em sua maioria, por adolescentes e jovens, que vibraram do início ao final do espetáculo. O repertório foi baseado no terceiro CD do grupo Amigos do Tempo, lançado em junho. Mas, isso não foi motivo para um show distante. Ao contrário, a plateia acompanhou a banda em praticamente todas as novas canções, fazendo coro ao vocalista Felipe. Entre os destaques, as músicas “Antimonotonia”, “Amigo do Tempo” e “Papapa”, cujo clipe concorre ao de melhor do ano na MTV. “Quem puder e tiver vontade, vote no site”, comentou Felipe.

    No show, a Mombojó fez ainda homenagem ao flautista Rafael Torres, falecido em 2007, dedicando a música Entre a União e a Saudade” ao músico. O espetáculo de 1h30 terminou em ritmo contagiante. Já eram 23 horas, quando, com o início de chuva, Felipe tirou a camisa e se jogou na plateia, finalizando a última música junto ao público na Tereza Batista. Foi o final de uma noite, como a banda ressalta, antimonotonia.

    Jà a banda baiana Maglore trouxe em seu repertório um estilo que mescla a elegância do folk e do rock britânico à descontração das harmonias latinas. Composta por Igor Andrade (bateria), Leo Brandão (guitarra, teclado e vocais) Nery Castro (contrabaixo) e Teago Oliveira (guitarra, voz e composições), após o show eles se juntaram ao público e assistiram ao show do Mombojó. O DJ El Cabong também marcou presença com muito samba, rock e batucada e esquentou a galera para a atração principal da noite.

    Comentário: Texto & Cia



    0 comentários: