• Um caldeirão de pura cultura baiana

    Forró na Bahia

    Nabyiah Bashir agitou o Pelô no sábado (07)




    A agenda do Pelourinho Cultural, programa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, levou aos largos do Pelô, no sábado, 07, a música pop da cantora Nabiyar Bashir, filha do cantor de reggae jamaicano Jimmy Cliff.


    Em sua primeira vez cantando fora de um teatro, Nabiyah estreou no Pelourinho com o pé direito. A jovem de 18 anos chamou a atenção de quem foi se divertir no Largo Pedro Archanjo tanto pelo repertório eclético quanto pela voz marcante. Carismática e com domínio de palco, ela fez o que se chama de show solar, quente e vivo. Por isso, quem não a conhecia, parou para escutar e permaneceu no local, ao lado dos já admiradores da cantora. No final, o público, que lotou o largo, não queria deixar o espaço e a cantora teve que atender aos pedidos de “mais um, mais um”, pelo menos, duas vezes.


    Com o show Rebel in Me, título extraído de famosa música de seu pai, a cantora fez uma apresentação dançante com canções de Bob Marley, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Janes Joplin e Amy Winehouse. No início, o público de baianos e turistas, a maioria jovem, estava tímido, mas foi só Nabiyah chamar para a dança que as pessoas atenderam. “Adorei o estilo dela, é muito talentosa, sua postura no palco é muito elegante, lembra a cantora americana Sade”, disse a atriz do Bando de Teatro Olodum, Telma Souza, que estava na Praça conferindo a apresentação.


    Nabiyah prometeu e cumpriu um show especial. Despedindo-se da Bahia para ir viver em Nova Iorque (EUA), ela subiu ao palco acompanhada pelos excelentes músicos Giba (percussão), Didi Gomes (baixo), Ricardo Caiam (guitarra), Jaime Bocão (bateria) e Neyvan Cruz (teclado). “Nesse show de despedida, deixo a mensagem de que não devemos resistir às mudanças que a vida traz. Agradeço a todos por dividir esse momento comigo. Vou levar para sempre a lembrança da Bahia”, declarou.


    Fonte: Texto & Cia


    0 comentários: