• Um caldeirão de pura cultura baiana

    Forró na Bahia

    Nabiyah Bashir apresentará show Rebel in Me no Pelourinho neste sábado, 07





    Filha do cantor de reggae jamaicano Jimmy Cliff, a baiana Nabiyar Bashir apresentará neste sábado, 07 de agosto, no Largo Tereza Batista, seu show de estreia como cantora Rebel in Me. Despedindo-se da Bahia para ir viver em Nova Iorque, a jovem de 18 anos promete um repertório eclético e dançante com canções de Bob Marley, Gilberto Gil, Janes Joplin, Amy Winehouse e, claro, a música do pai, que dá nome ao espetáculo. A apresentação faz parte da agenda de agosto do Pelourinho Cultural, programa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia.

    É a primeira vez que Nabiyah (lê-se nábia) vai apresentar o show para um público maior, ao ar livre, após sua estreia como cantora em novembro de 2009 no teatro Sesi. “Foi um show intimista, para um público pequeno, dentro de um teatro. Foi uma experiência bacana. Acredito que comecei com o pé direito”, conta. “A expectativa para o show no Pelourinho é a melhor possível. Vamos colocar no repertório músicas mais animadas, até porque será minha despedida da cidade”.

    Acompanhada pelos músicos Giba (percussão), Didi Gomes (baixo), Ricardo Caiam (guitarra), Jaime Bocão (bateria) e Neyvan Cruz (teclado), a cantora decidiu colocar no repertório músicas que fizeram sucesso em outras vozes, deixando no armário as composições próprias. “Estou numa fase de experimentação e de amadurecimento, por isso não posso ainda definir qual é o meu estilo. Ser cantora é algo muito recente. Quero me sentir segura no palco primeiro”, explica Nabiyah.

    A música que dá nome ao espetáculo, Rebel in me, é a única do pai no repertório. Gravada por Jimmy Cliff pela primeira vez em 1998, a canção traz pouco do ritmo pelo qual o jamaicano ficou conhecido. Revelando sua versatilidade, a cantora, cujo timbre lembra as divas negras americanas, além do reggae, faz um passeio por diversos gêneros musicais como MPB, soul e blues. “Eu estou ouvindo bastante música antiga. Acho legal essa ideia de uma menina de 18 anos dando uma roupagem nova a clássicos”, revela.


    Serviço:

    Nabiyah Bashir

    Quando: 07 de agosto, 21h

    Onde: Largo Tereza Batista

    Quanto: Gratuito


    Fonte: Texto & Cia


    0 comentários: