• Um caldeirão de pura cultura baiana

    Forró na Bahia

    Juliana Ribeiro e Lazzo Matumbi são convidados na última semana do Cabaré no Vila





    Os cantores Juliana Ribeiro e Lazzo Matumbi participam, respectivamente, neste sábado (24) e domingo (25), como convidados especiais do Cabaré da RRRRRaça, espetáculo do Bando de Teatro Olodum. A montagem, em cartaz no Teatro Vila Velha até o dia 25 de julho, é uma revista musical que mostra o ponto de vista de diversos personagens negros sobre o que é ser negro no Brasil, discutindo comportamento, religião, sexualidade, passando por discriminação e posturas políticas. Tudo isso de forma bem humorada e recheada por números de música ao vivo e dança. Ao final de cada apresentação, um artista convidado se integra ao Bando e canta a última música da noite. As apresentações do Cabaré acontecem de sexta a domingo, às 20 horas. Nas sextas e domingos, os ingressos custam R$ 20,00 e aos sábados R$ 30,00 (inteira).

    Sobre o Cabaré

    O Cabaré da RRRRRaça é espetáculo é assumidamente didático, panfletário e interativo. Os personagens discutem, trocam farpas, discordam e compartilham, sem maniqueísmo, as questões com o público. A montagem se apresenta com estética de desfile de moda, misturada ao formato de um programa de auditório. Sua trilha sonora, produzida por Jarbas Bittencourt traz diversos estilos (rap, axé, pagode, raggae), e suas coreografias, criadas por Zebrinha, foram concebidas a partir das tradições afro, de danças de rua, com base nas técnicas de dança moderna. Os atores trabalham com uma linguagem direta e interagem com a platéia, que colabora com depoimentos verdadeiros sobre situações comuns a elenco e público.

    Desde a estréia, em 1997, a peça continua despertando interesse e discussões por onde é apresentada. O Cabaré já foi visto por mais de 40 mil pessoas ao longo de seus 12 anos em cartaz, em mais de 240 apresentações em diversas cidades brasileiras, além de Portugal e Angola.

    FigurinoOutro destaque do espetáculo são os figurinos especiais usados pelos personagens e músicos em cena. Desde a estréia do espetáculo, já sofreu diversas transformações. No início, cada personagem tinha um estilo fashion, com lentes de contato azuis e os chamados cabelos étnicos. Depois, o diretor resolveu unificar roupas, maquiagem e penteado dos personagens, em torno de uma cor (como foi a branca e vermelha) ou tema (afro, black power), o que, além de impacto cênico, amplia a possibilidade de associações com movimentos sociais, contextos culturais ou significações cromáticas.

    Em 2005, por exemplo, em comemoração aos 15 anos do Bando, o elenco, que já usava branco, surgiu com cada personagem vestindo peças exclusivas cedidas por estilistas baianos. O figurino vermelho é utilizado desde 2007, quando o Bando comemorou 10 anos de Cabaré. Tido como forte, bélico, impositivo, conferiu mais vibração e ressaltou o espírito aguerrido do espetáculo. Eles foram assinados por um grande time de estilistas baianos, como Márcia Ganen, Goya Lopes, Iuri Sarmento, Flávia Botelho e Wládia Góes, entre outros, cada um desenvolvendo a vestimenta de um personagem de acordo com seu estilo. Agora, antigos e novos estilistas foram convidados para produzirem os figurinos na cor preta.

    Serviço

    Espetáculo: Cabaré da RRRRRaça

    Local: Teatro Vila Velha. Av. Sete de Setembro, s/n, Passeio Público.

    Duração: 1h e 30 min

    Temporada: até 25 de julho

    Horário: 20 horas

    Ingresso: sexta e domingo: 20,00 (inteira) 10,00 (meia)

    sábado: 30,00 (inteira) 15,00 (meia)

    Convidados

    Sábado, 24: Juliana Ribeiro

    Domingo, 25: Lazzo Matumbi


    Fonte: Daniel Menezes - Assessoria


    0 comentários: